Perseguição Religiosa - Press Release

Este evento, que decorre em Washington entre 10 e 13 de maio, é promovido pela Associação Evangelística Billy Graham e pela agência humanitária Samaritan's Purse, ambas organizações evangélicas.

Esta Cimeira visa promover a consciencialização a um nível internacional acerca do drama que se abate sobre os cristãos que atualmente constituem um dos principais grupos vítimas de discriminação e perseguição, ao mesmo tempo que procura mostrar a solidariedade dos líderes cristãos para com todos aqueles que sofrem por professarem a sua fé em Jesus Cristo.

De acordo com um relatório elaborado pela Open Doors USA, uma organização norte-americana que estuda o fenómeno da perseguição movida aos cristãos à escala global, existem 215 milhões de cristãos que são vítimas de perseguição. O drama dos cristãos perseguidos atinge níveis alarmantes em mais de 50 países, onde a perseguição é considerada "muito grave ou extrema".

Esta Cimeira Internacional, embora seja promovida por organizações evangélicas, conta com representantes de outras igrejas cristãs, incluindo a Igreja Católica, a Igreja Ortodoxa, entre outras.

Na sessão de abertura, o reverendo Franklin Graham, filho do famoso evangelista Billy Graham que foi conselheiro de vários presidentes dos EUA, salientou que "quando um cristão é perseguido isso deve-se ao facto de professar a sua fé em Jesus Cristo, independentemente da igreja a que pertence".

A sessão inaugural contou com intervenções de líderes de diversas igrejas cristãs, incluindo o arcebispo Christophe Pierre, núncio apostólico da Santa Sé nos EUA, que evidenciou as preocupações do papa Francisco para com os cristãos perseguidos.

António Calaim, presidente da Aliança Evangélica Portuguesa e um dos três representantes da delegação nacional, afirmou que "esta Cimeira, que não pretende ser um encontro ecuménico, mostra a unidade e a solidariedade dos cristãos para com todos os que sofrem por terem a coragem de afirmar a sua fé em Jesus Cristo em contextos particularmente hostis, onde a liberdade religiosa é inexistente. O drama dos cristãos perseguidos tem de saltar para o topo da agenda política internacional e não podemos ficar em silêncio perante a barbárie da limpeza religiosa que em muitos países tem ceifado a vida de milhares de seres humanos. Sentimos a dor daqueles que são vítimas da crescente perseguição religiosa e queremos inverter esta situação."

Factos e números sobre os cristãos perseguidos:

  • A crescente perseguição para com aqueles que se identificam como discípulos de Jesus Cristo tem aumentado drasticamente nos últimos anos, trazendo-nos à memória os crimes praticados pelo Imperador Nero quando queimou os cristãos em Roma no ano 46 dC ou os tempos da Inquisição.
  • 2015 foi o ano da era moderna em que se registaram mais crimes violentos de perseguição a cristãos, atingindo proporções de verdadeira limpeza étnica.
  • Estudos recentes evidenciam que a perseguição a cristãos tem vindo sempre a aumentar ao longo dos últimos três anos.
  • Mais de 75% da população mundial vive em regiões do globo onde existem severas restrições à liberdade religiosa.
  • 215 milhões de cristãos são vítimas de "perseguição elevada, muito elevada ou extrema" em 50 países onde ser cristão representa uma experiência que coloca em causa a própria sobrevivência.
  • Em mais de 65 países, os cristãos são perseguidos pelo próprio governo e pela comunidade local.
  • Em 2016 registou-se um crescimento exponencial da perseguição movida aos cristãos, com particular destaque em regiões do sul e sudeste asiático, que atingiu níveis de perseguição nunca antes vistos, equiparando-se a outros casos graves como os que acontecem no Médio Oriente, África e Ásia Central.
  • Devido a décadas sucessivas de discriminação e perseguição religiosa, o cristianismo no Médio Oriente registou um declínio significativo, passando de 20% do total da população da região, há um século atrás, para a estimativa atual de 3 a 4%
  • Os 10 países com maior perseguição são a Coreia do Norte, Somália, Afeganistão, Paquistão, Sudão, Síria, Iraque, Irão, Iémen, Eritreia.
  • A perseguição aos cristãos não se encontra confinada a uma região específica e praticamente afeta todos os continentes.
  • A perseguição aos cristãos traduz-se na seguinte média mensal:
  • 322 cristãos são mortos por professarem a sua fé
  • 214 templos e outros edifícios pertencentes a igrejas são destruídos.
  • 722 tipos de violência são praticados contra os cristãos, incluindo espancamento, violação, rapto, prisão e casamento forçado.

Para mais informações, por favor contactar:

António Calaim Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

96 257 41 80

 

 


Plataforma de Apoio aos Refugiados

A AEP segue atentamente o atual momento que a Europa está a viver, relativamente aos milhares de pessoas que estão a deixar os seus países de origem em busca de uma vida melhor. Para isso, foi criado um grupo de trabalho que está em articulação com a PAR (Plataforma de Apoio aos Refugiados) e queremos desafia-lo a envolver-se!

JoomlaXTC News - Copyright Monev Software LLC

Agenda

Picnic APECP
3 de junho de 2017
MEVIC - Viagem ao Libano
10 de junho de 2017
Acampamento Baptista - Verão 2017
1 de julho de 2017
APECP - Verão 2017
2 de julho de 2017
Ferias com Deus
3 de julho de 2017

Galeria



© Aliança Evangélica Portuguesa | Workmove